Hoje em dia, viajar é muito mais fácil do que jamais foi, fato.
A quantidade de informações disponíveis na internet e em outros veículos de comunicação é gigantesca, fora que, todos os dias surgem novos modelos de hospedagem que torna tudo mais viável 😀 .

O Airbnb é um exemplo, a plataforma conecta pessoas que desejam alugar uma propriedade – inteira ou parcial – por temporada com proprietários que desejam conseguir uma renda extra com seus imóveis.

As vantagens começam pelo preço, locar um imóvel sai muitas vezes mais barato que reservar um hotel e a empresa cuida de todo tramite financeiro para garantir a segurança das partes envolvidas 😉 . Para quem não abre mão do serviço, algumas propriedades oferecem até refeições durante hospedagem.

Não tínhamos experimentado até então, mas no último feriado aproveitamos a oportunidade para testar e posso dizer, adoramos todo o processo.

Tudo começa no site do Airbnb, cuja navegação é muito simples e objetiva. Pesquise a cidade e a data para qual busca uma reserva e o site carregará um mapa com as opções disponíveis e o valor das diárias, conforme exemplo abaixo:

Pesquisando imóveis em São Bento do Sapucaí

Clicando na foto do imóvel, a pagina será direcionada para os detalhes e condições para reserva, onde está descrito desde o horário de check-in e check-out, preço de locação e taxas extras, detalhamento dos cômodos e utensílios, regras da casa e politica de cancelamentos, além dos comentários dos usuários que já se hospedaram no imóvel.

A reserva é feita de maneira rápida, um pedido é feito ao proprietário e ele pode aceitar ou não (existem opções de reserva instantânea, onde o aceite do proprietário é imediato). Uma vez aceito pelo anfitrião, o Airbnb realiza a cobrança de acordo com a opção de parcelamento solicitada no pedido da reserva (vale lembrar que o pagamento é feito apenas via cartão de crédito).

A parte legal é que o anfitrião te dará todo o suporte que precisar, com relação às dúvidas sobre o imóvel e dicas da região. Caso alugue o imóvel inteiro ele estará esperando por você no horário marcado para lhe entregar as chaves da propriedade e caso tenha locado apenas um ou mais quartos, terá contato direto ao proprietário e até sua família, tendo uma experiência bem mais próxima com locais.

Para uma experiência boa, recomendo:
1. Leia atentamente a descrição do imóvel e suas comodidades e escolha um imóvel que atenda a suas necessidades (internet, café da manhã, berço, televisão e assim por diante).
2. Consulte todos os comentários deixados por hóspedes anteriores.
3. Atente-se a política de cancelamento.
4. Se tiver dúvidas contate o anfitrião antes de pedir a reserva.
5. Última e mais importante de todas! Use a nossa indicação e ganhe R$100 de desconto em sua primeira hospedagem, clicando aqui.

Como foi nossa experiência?
Muito positiva, estava preocupada basicamente em encontrar uma propriedade em bom estado e com utilidades necessárias para preparar algumas refeições durante nossa estadia. Concentrei minha pesquisa basicamente na opinião dos hospedes anteriores e fechamos nossa hospedagem no pequeno chalé do Eder, que deu todo o suporte que precisávamos antes e durante nossa viagem.

O chalé fica em uma área rural, afastada 3 quilômetros do centro e cercada de fazendas e muito verde, tem uma cozinha completa, mas não tem internet e nem televisão, sabíamos de tudo isso antes de ir e estávamos totalmente de acordo com isso.

Foram dias incríveis, pelas manhãs preparávamos o café ouvindo os pássaros e apreciávamos a vista. Durante o dia, chegávamos rapidamente ao centro, indo de carro e durante as noites preparávamos uma tábua de frios e tomávamos nosso vinho na varanda, de onde víamos as estrelas e o nascer da lua.

Portanto, recomendamos totalmente para quem quiser o mesmo tipo de experiência, priorizando tranquilidade e simplicidade. O link direto para o chalé está aqui.

Espero que tenha curtido as dicas e deixe suas dúvidas ou posicionamentos sobre o assunto aqui em abaixo, sua participação é importante para nós 😉 .