Sabe aquele lugar extremamente conhecido na sua região que por algum motivo desconhecido você nunca visitou? Pois é, o Parque Ibirapuera era esse lugar nas nossas vidas. Juro que por muito tempo planejávamos conhecer o local, mas nunca conseguimos ir 🙁 .

Isso mudou pouco tempo atrás, quando encontramos uma brilhante desculpa para parar de procrastinar: a reinauguração do primeiro planetário do Brasil, o Planetário Professor Aristóteles Orsini que ficou interditado desde 1999 por problemas estruturais.

A instalação inaugurada em 1957 é patrimônio histórico, científico e cultural, tombada pelo Conselho Municipal de Tombamento e Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo (Conpresp) e a sua funcionalidade é administrada pela Prefeitura.

Atualmente, o Planetário está aberto para o público com sessões gratuitas com retirada de senhas a partir de 1 hora de antes do início da apresentação. Cada sessão dura em média 40 minutos e por questões de segurança a faixa etária mínima para entrada é de 5 anos.

Chegamos às 10 de uma manhã de sábado para garantir ingressos para a sessão de meio dia e nos dirigimos para a bilheteria, que já contava com uma fila considerável. Ás 11 em ponto os bilhetes começaram a ser distribuídos e acabaram rapidamente.

Com ingressos garantidos, fomos passear pelo parque 🙂 .

fotos-10844

O Ibira – como é carinhosamente chamado pelos paulistanos – é um dos primeiros grandes parques urbanos do país e ficou famoso por hospedar inúmeros espaços culturais entre suas áreas verdes, como a Fundação Bienal e o Museu de Arte Moderna.

Caminhamos pelo entorno e voltamos ao planetário.
Por volta de 15 minutos antes do início da sessão as portas foram abertas. As cadeiras não são numeradas e você pode escolher de onde que assistir a projeção, mas adianto que todos os assentos tem a mesma qualidade de visualização.

Não são permitidas fotos após inicio já que elas atrapalham o resultado final da apresentação.

Todo o espetáculo é feito pelo Projetor Starmaster, de fabricação da alemã Carl Zeiss.
O propósito da sessão é apresentar as principais constelações que podem ser avistadas da cidade de Sampa, informações astronômicas e algumas curiosidades.

fotos-10854

Ficamos encantados com cada segundo e tristes quando acabou, rs!
Recomendamos a visita ao Planetário e também ao Ibirapuera, um passeio para toda a família.

O parque abre diariamente das 5 da manhã até a meia noite e a entrada é gratuita, mas fique atento, pois os estacionamentos do parque são geridos pela prefeitura e todos tem zona azul.

Planetário do Parque Ibirapuera
Av. Pedro Álvares Cabral, s/n – Portão 10 – Ibirapuera, São Paulo – SP
Telefone: (11) 5575-5206
Sessões: 10h, 12h, 15h e 17h aos sábados, domingos e feriados.
Mais informações aqui!

Até a próxima e continuem na estrada 🙂 .